terça-feira, 4 de agosto de 2009

Moldova: Os Comunistas perdem o trono [2]

Pin It

Apenas para apresentar o resultado oficial final das eleições, uma pequena mudança nas cadeiras, mas, no fim das contas, os Comunistas foram reduzidos à 48 cadeiras e a oposição conquistou 53. Lemrando que, para eleger o presidente são necessários 61 votos dos 101 possíveis.

Com 53 cadeiras a oposição pdoe indicar o Primeiro Ministro e o Líder do Parlamento mas não, ainda, o Chefe de Estado.

Resultado das eleições de Abril:

Vitória esmagadora Comunista, mas sem a maioria para indicar o novo presidente por uma cadeira.

Comunistas: 49,48% - 60 de 101 cadeiras no parlamento
Partido Liberal: 13,14% - 15 cadeiras
Partido Democrático Liberal: 12,43% - 15 cadeiras
Aliança Nossa Moldávia: 9,77% - 11 cadeiras

Resultado das eleições da semana passada:

Comunistas: 44,69% - 48 de 101 cadeiras no parlamento (menos 12)
Partido Liberal: 14,68% - 15 cadeiras (mesmo número de abril)
Partido Democrático Liberal: 16,57% - 18 cadeiras (3 a mais)
Aliança Nossa Moldávia: 7,35% - 7 cadeiras (4 a menos)
Partido Democrático: 12,54% - 13 cadeiras (aumento de 13 cadeiras, na eleição de abril o partido conseguiu apenas 2,97%)

Não conseguiram superar a barreira dos 5%:

Partido Popular Democrata Cristã: 1,91%
Partido Social Democrata: 1,86%
Aliança Verde: 0,41%

Participação total: 58,8%

Informações da Agência EFE
------
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

AF STURT disse...

Raphael Tsavkko Garcia
Afinal esses comunistas são os "comunistas" os ""comunistas"" ou os comunistas?

Raphael Tsavkko Garcia disse...

São o Partido Comunista de continuidade do antigo PC da época da URSS, o que sobrou na Moldávia do antigo PC Soviético. A Moldávia ou Moldova é absurdamente pobre e controlada com mão de ferro pelo PC que, agora, vai te que largar o osso ou bloquear a eleição de um novo presidente até tentar se fortalecer novamente...

De "Comunistas" em termos ideológicos, não tem lá muita coisa...

Postar um comentário