quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

PNDH-3 e as mentiras de Alexandre Garcia

Pin It

"Amplo debate nacional? Eu não ouvi falar..."
Palavras de Alexandre Garcia no Bom (péssimo) dia Brasil.




É assim que começa o falatório absurdo de Alexandre Garcia, para os que tiveram estômago de aguentar tantas barbaridades, parabéns.

O colunista (sic) da Globo, representante ilustre do PIG, talvez não saiba, mas foram realizadas, desde 2003, mais de 50, repito, CINQUENTA, conferências nacionais sobre Direitos Humanos que culminaram no PNDH-3.
"O texto incorporou também propostas aprovadas em cerca de 50 conferências nacionais realizadas desde 2003 sobre tema como igualdade racial, direitos da mulher, segurança alimentar, cidades, meio ambiente, saúde, educação, juventude, cultura, etc"
Além destas CINQUENTA conferências, dezenas de consultas locais foram realizadas com a participação de 14 mil pessoas - sem dúvida, alexandre Garcia não era uma delas, afinal, não se interessa pelo tema. Tampouco a figura se dignou a dar uma rápida olhada no documento, disponível por quase um ano no site da SEDH.
A participação social na elaboração do programa se deu por meio de conferências, realizadas em todos os estados do país durante o ano de 2008, envolvendo diretamente mais de 14 mil pessoas, além de consulta pública. A versão preliminar do programa ficou disponível no site da SEDH durante o ano de 2009, aberto a críticas e sugestões.
Além disso, não sabe o piadista que 31 dos 37 ministros assinaram o documento? Como assim ninguém foi consultado?
Realizaram-se 137 encontros prévios às etapas estaduais e distrital, denominados Conferências Livres, Regionais, Territoriais, Municipais ou Pré-Conferências. Participaram ativamente do processo cerca de14 mil pessoas, reunindo membros dos poderes públicos e representantes dos movimentos de mulheres, defensores dos direitos da criança e do adolescente, pessoas com deficiência, negros e quilombolas, militantes da diversidade sexual, pessoas idosas, ambientalistas, sem-terra, sem-teto, indígenas, comunidades de terreiro, ciganos, populações ribeirinhas, entre outros.
Fica clara a tentativa torpe da Globo e do PIG em geral de manipular, mentir descaradamente sobre o PNDH-3 através de todos os meios possíveis.

O PIg inteiro, aliás, sabe que o Programa Nacional de Direitos Humanos não é invenção do atual governo, mas parecem esquecer-se convenientemente. Diz Paulo Sérgio Pinheiro, insuspeito:
“Não foi o presidente Lula quem inventou isso. “Essa é a terceira edição do
programa. Os dois anteriores, lançados em 1996 e em 2002, durante o governo de Fernando Henrique Cardoso, tinham a mesma abrangência do programa que está sendo debatido agora. E tanto Lula quanto Fernando Henrique acertaram, porque direitos humanos não abarcam apenas direitos civis e políticos, como se imagina. Eles abrangem também questões como a fome, o racismo, gênero, distribuição de renda, salário, acesso à cultura, proteção das crianças contra a violência e muitas outras coisas.”

“Tudo foi feito de maneira séria e democrática. A conferência nacional de direitos humanos, realizada em dezembro de 2008 e de onde saíram as diretrizes do programa, foi precedida de conferências estaduais por todo o País. Os debates foram abertos e sem cartas marcadas. Em São Paulo a conferência foi organizada pelo governo de José Serra, com o secretário de Justiça, Luiz Antonio Guimarães Marrey”.  “Mais tarde foram redigidas quase uma dúzia de minutas, para novas discussões. Todos os ministérios discutiram e concordaram, com exceção de Nelson Jobim.

Em país decente isto seria crime. Isto não é jornalismo. E depois ainda tentam me convencer da necessidade de diploma para exercer o jornalismo.... É preciso de diploma para mentir?
------
Comentários
5 Comentários

5 comentários:

AF STURT disse...

O Alexandre Garcia deve estava preocupado com a permanência do governo golpista em Honduras que nem ligou pra isso.Talvez debate para ele é aquele pró opinião deles que aparece na globo ou aqueles (ridiculos) na tv camara.

Anônimo disse...

Amigo, não seja ingênuo.
O preço para conseguir tamanho nível de igualdade que vocês tanto buscam é abrir mão da sua liberdade.
Você quer doar o seu salário para os pobres? Faça-o! No mundo livre você pode.
Agora pergunte se no mundo socialista que você apóia alguém pode optar por não doar.
Leia "A revolução dos bichos" de George Orwell e entenda para onde você está levando o Brasil.
Admiro seu idealismo. Mas é profundamente ingênuo.
O mundo é feito de tubarões. Eu já fui como você. Votei e fiz campanha para o Lula.
Vejo que você é ativista.
Ajude o Brasil a escapar de mais uma ditadura.
O PT vai usar seu idealismo para perpetuar um regime autoritário de ao menos 3 décadas de duração.
Falta pouco para uma nova constituinte.
Acorde, ainda dá tempo.
Seus filhos um dia agradecerão por você ter dado a eles a opção de viver no mundo livre.

Doo disse...

MANO!

QUEM CONVIDOU ESSE COMMENT AQUI ENCIMA?

E nem teve coragem de por a cara a tapa, né ANONIMO...

Vou ignorar tamanha panfletagem, ignorancia e falta de argumentos e apenas lamentar que este tipo de discurso, do comment e da globo, sejam os discursos que tenho ouvido repetidos em alguns circulos sociais de classe média... Parece ridiculo que um jornal da maior emissora do país emita noticias tão desinformadas e descaradamente parciais.

As pessoas deveriam ler a PNDH ao invés de ler tudo o que os jornais falam sobre ela.

O mais engraçado do comment aqui encima é que no fundo, quem quer limitar a liberdade individual é a mídia reacionaria que quer impedir que homossexuais se casem, adotem filhos ou que mulheres decidam sobre seus corpos...

Se somos ingenuos por acreditarmos que totalitarismos tanto de esquerda quanto o de direita são um afronte à liberdade humana...

Mas é claro, direitos humanos é coisa de comuna que come criancinha...

Raphael Tsavkko Garcia disse...

Pois é Doo, tem que aguentar este tipo de gente, é o preço da democracia uqe pessoas como estes anônimos aproveitam mas se pudessem limitariam, como nos seus saudosos regimes militares!

Nem peco meu tempo respondendo a este tipo de gente que não só não tem coragem de aparecer como tem uma compreensão absurdamente limitada dos assuntos que tentam tratar.

Nem sei, aliás, porque o povo acha tanto que eu sou Petista!!!! Isso que me ofende, hehe

Engraçado que direitista adora citar este livro do Orwell... Mal sabem eles que Orwell morreu Comunista, tendo inclusive lutado na Espanha, e que criticou o Stalinismo e não o Marxismo. Mas "pensar" nunca foi atributo da direita.

Quanto ao PNDH e Globo, é por aí, os caras são extremamente tendencioso... Aliás, mentirosos, cometem crime aberto ao falsear a realidade e manipular tudo para suas audiências que ainda consomem este lixo.

O resto, perfeito!=)

Nikola Tesla disse...

Tsavkko, graças ao estado policial que os pretensos defensores dos "direitos humanos" vêm fortalecendo, sou obrigado a postar como anônimo ou com pseudônimos.
Você precisa estudar mais sobre a Biografia de Orwell.
Ele era comunista/socialista como eu e como você, mas mudou de opinião quando começou a perceber o que realmente acontece nestes regimes. Seres-humanos são egoístas por natureza. Não é uma questão moral, é uma questão de sobrevivência biológica.
Leia, O Gene Egoísta de Richard Dawkins.
Para fundamentar sobre Orwell:
"By April 1944 Animal Farm was ready for publication. Gollancz refused to publish it, considering it an attack on the Soviet regime which was a crucial ally in the war." Fonte: Wikipedia.
A propósito, eu fiz questão de ler o PDF do PNDH 3 completamente. Porque embora eu seja de classe média agora, procuro me informar antes de formar posição (Descartes, O Discurso do Método) Aliás, eu trabalhei muito pra chegar aqui. Minha origem é humilde, mas diferentemente de vocês, que buscam apenas poder para forçar os outros a fazerem o que querem, no mundo livre sem socialismo eu ascendi por mérito.
Na faculdade, enquanto vocês socialistas agitavam a massa para influenciar os alunos ingênuos, eu estudei. Estudei bastante.
E o resultado disso é que eu pude gerar riquezas em vez de me apropriar do que os outros produzem.
Quanto ao aborto e casamento civil gay, é aí que vocês se enganam. Sou completamente a favor.
Adotar filhos é discutível, mas não vem ao caso neste momento.
E mais: considerar crime a liberdade de expressão é típico dos regimes socialistas.

Doo, "direitos humanos" é o termo eufemistico que os comunas estão usando para manipular vocês. Percebam, em vez de dar mais liberdade para todos, no PNDH eles incrementam os controles!
O Lula é o mestre da manipulação. Ele está usando vocês que têm boa vontade e intenção para atingir seus planos de ditador.
Ele segue os passos do Chavez, criando instituições paralelas, como a que ele quer criar para circundar o TCU. E olha: eu conheço o TCU e ele é uma das poucas coisas que funcionam nesta máquina estatal inchada e lenta.

Acredito que buscamos a mesma coisa: liberdade.
Mas liberdade não combina com socialismo.

Postar um comentário