segunda-feira, 12 de abril de 2010

ALTERCOM é, enfim, fundada!

Pin It
------
Propaganda
-------
Foi aprovada, por aclamação, a Carta de Princípios da ALTERCOM, a Associação Brasileira de Empresas e Empreendedores da Comunicação, no sábado, dia 10 de Abril.

Depois de cerca de 10 horas de debates, foi aprovada a Carta de Princípios, o Estatuto (que logo será divulgado) e foi formada a primeira Direção Executiva da organização.

Foi decidido que a organização deve ter um caráter mais horizontal que vertical e que haverá amplo espaço para nós, blogueiros. Contaremos com uma secretaria específica para cuidar de nossos interesses e uma área jurídica para nos defender quando censurados, ameaçados e intimidados.




ALTERCOM - discurso do Presidente Palhares from Raphael Tsavkko on Vimeo.
A organização administrativa da ALTERCOM ficou como se segue:
- Assembléia Geral, Composta por todos os associados, instância máxima de deliberação;
- Diretoria Executiva, Órgão colegiado com as seguintes funções:
* Presidente
* Vice-Presidente
* Tesoureiro
* Segundo Tesoureiro
* Secretário Geral (responsável pelas secretarias temáticas a serem criadas)
* Diretor Jurídico
* Diretor e Comunicação e Formação
* Diretor de Relações Internacionais
* Diretor de Relações Institucionais
- Conselho Fiscal (3 membros e 3 suplentes)
- Conselho Consultivo, formado por especialistas em diversas áreas, professores, técnicos e por qualquer membro interessado da Associação
- Comissões ou Secretarias Temáticas, onde entrará a seção especial de relacionamento com blogueiros e etc e que serão fruto ainda de debates quanto à organização, áreas de atuação e etc

O primeiro presidente da ALTERCOM, eleito no sábado, é Joaquim Palhares, da Agência Carta Maior e o Vice-Presidente é o Renato Rovai, da Fórum.

Na reunião de fundação a deputada Erundina fez um breve discurso parabenizando os presentes e recebemos ainda cartas e mensagens de diversos deputados como Paulo Teixeira, Raul Marcelo, Ivan Valente, Manuela d'Ávila dentre outros.




ALTERCOM
Associação Brasileira de Empresas e Empreendedores da Comunicação

Carta de princípios

A ALTERCOM é uma entidade associativa de empresas e de empreendedores, de iniciativa individual ou coletiva. Nasce com o objetivo de representar e dar legitimidade aos setores da sociedade que lutam por uma comunicação democrática, E para defender a diversidade, pluralidade informativa e a liberdade de expressão para todos.


MISSÃO

Constituir-se em um canal democrático de interlocução que possibilite a defesa da liberdade de expressão e que contribua para a formação de uma cidadania crítica, atuante e participativa.


PRINCÍPIOS e OBJETIVOS

1. Congregar os setores empresariais e os empreendedores que lutem pela liberdade de expressão e pensamento;

2. lutar pela produção de conteúdos que representem a diversidade da cultura brasileira;

3. Lutar por um marco regulatório que garanta a democratização da comunicação, em especial nas concessões públicas de rádio difusão e telecomunicações;

4. Lutar pela criação do Conselho nacional de Comunicação Social, com ampla participação da sociedade brasileira, conforme decisão da 1º conferência Nacional de comunicação (confecom);

5. Defender os princípios dos direitos humanos, principalmente o direito à comunicação, e garantir o direito à diversidade, combatendo qualquer forma de discriminação;

6. lutar por novos critérios que garantam a democratização da aplicação dos recursos de comunicação do estado brasileiro em seus três níveis, municipal, estadual e federal;

7. Apoiar a constituição de fundos de fomento para produtores de conteúdo;

8. Apoiar a realização periódica da CONFECOM.

9. Constituir uma rede de de compartilhamento de informações e conhecimento;

10. constituir-se em um espaço para formação e debates sobre comunicação;

11. Lutar pela universalização do acesso à internet via banda larga e contra qualquer tipo de restrição ao uso da internet.


10 de abril 2010
O 11º ponto surgiu por sugestão minha de deixar claro a necessidade da defesa da Neutralidade da rede e da universalização do acesso como contraponto à mídia tradicional e como forma de inclusão social.

Como se vê, a organização nasce com grandes objetivos e depois de ampla discussão e uma ampla base de apoio.


------
Comentários
4 Comentários

4 comentários:

Ale Lucchese disse...

Esse Palhares é um imbecil. Foi o único cara de agência de notícias que não quis me receber para conhecer meu trabalho. A primeira coisa que me perguntou pelo telefone foi em quem eu votava. Quando disse que votava nulo, desconversou e caiu fora da conversa.

Tipo do cara que não tolera quem pensa diferente dele. Altercom já começa como bloco monolítico. Palhaçada.

Raphael Tsavkko Garcia disse...

Ale, a ALTERCOM terá uma direção colegiada, o presidente não manda em nada mais que os demais, é apenas uma figura organizativa. Quem tem poder mesmo é a Assembléia geral, que será formada por todos os associados!

Só conheci o Palhares no sábado, mas confio no Rovai e nos demais que estão na direção!=)

Dialógico disse...

Tá no blogue!http://dialogico.blogspot.com/2010/04/nasce-altercom.html

iberemoreno disse...

acho extremamente importante essa vitória! tomara q a missão e os pontos da carta de princípios possam ser cumpridas, principalmente o 11º ponto!
Em várias cidades do mundo já existem pelo menos projetos de redes de banda larga gratuita. Será q um dia teremos isso em SP?

Postar um comentário