List
Grafo: Fabio Malini
O protesto do dia 13 de março foi em grande parte de revolta contra tudo e todos, foi extremamente despolitizado, com grupos às margens. Tem gente de esquerda, tem monarquista, fascista, tem pró-milicos, tem de tudo – mas tem uma nova direita forte. Que fique claro, minha análise se centra em São Paulo e em menor parte no Rio, mas em geral reflete o panorama geral do que aconteceu.

Tentar deslegitimar apenas – como faz o grupinho petista lá embaixo do grafo – não serve a ninguém e nos isola. Apenas nos faz não compreender o fenômeno e deixar que a nova direita assuma o comando (ou se entronize nesse comando). Bolsonaro está doido pra assumir a liderança dessa insatisfação. Alckmin, Aécio e a turma do PSDB foram vaiados na Paulista? Legal, mas tem uma direita perigosa surgindo e/ou se fortalecendo.
Alckmin, Aécio, Marta, Matarazzo vaiados…o descontentamento é geral.Erra quem pensa que é só contra o PT.É a figura do político tradicional que ninguém parece suportar mais. Esther Solano, no Facebook
Os EUA passam por um momento semelhante, em que a desconfiança dos políticos tradicionais e da própria política levaram a um fortalecimento das margens: Trump de um lado, Bernie Sanders do outro.
No Brasil temos Bolsonaro de um lado, com outros nomes menos relevantes orbitando, mas um vazio completo à esquerda. 
 
Penso que o maior problema não é a direita em si nas ruas ou os despolitizados – o discurso puro “contra corrupção” ou “fora A ou B” não é, em si, politizado – e sim a esquerda que é incapaz de se apresentar como alternativa, porque na hora em que o PT estala os dedos vão todos correndo pra ajudar e defender o partido do “golpe”. A esquerda parece não entender que o problema é ela (ou nós) e não o resto. Somos nós que damos espaço pra direita crescer e aparecer.
Não existe vácuo na política que dure. Se a esquerda for incapaz de conquistar os despolitizados e os que gritam contra tudo e todos, a direita irá conquistá-los e no momento parece que estão na frente na disputa, virando o jogo de Junho.

E nós demos este espaço à direita porque em Junho e nas manifestações posteriores muitos que SE DIZEM de esquerda aplaudiam e incitavam a violência da PM. Porque movimentos sociais foram neutralizados e se transformaram em braços do petismo. Porque na hora que o PT fica acuado a esquerda que paga de combativa vai lá salvar o partido. Porque fomos incapazes de organizar, após Junho, uma alternativa de esquerda efetiva. 

E continuamos incapazes, aliás, sequer queremos nos reinventar, é mais fácil o joguinho de morde-assopra com o PT. Se é verdade que o PT destruiu a esquerda, é verdade também que nos temos culpa, pois só há cooptação se existir aqueles que aceitam e/ou querem ser cooptados. Será que já é tarde demais?

QUE SE VAYAN TODOS ????? (Por Fabio Malini)

Coletei no Twitter os seguintes termos a partir das 15h do sábado (12/3): protesto, manifestacao, manifestante, manifestacoes, vempraruabrasil, marchadoscorruptos, carnadogolpe2016, marchadoscoxinhas, vemprarua e “vem pra rua”.

Optei por trabalhar palavras do senso comum e as hashtags oficiais dos governistas e oposicionistas, assim garantiria uma análise mais amplas dos discursos sobre os protestos.

A palavra mais mencionada nos tweets, excetuando os termos das coleta, foi CORRUPÇÃO. Uma supresa para mim. Engana-se, ao meu ver, quem se dirige aos movimentos de hoje interpretando-os como algo restrito a um campo estritamente de direita. O que vemos hoje foi uma reação à classe política – e a mega máquina de destruição do comum vigente – do país. Agora os governo de Dilma, do PSDB e do PMDB viraram os alvos da indignação popular. Não sabemos precisar ainda o tamanho disso dentro da massa de manifestantes. E não sei como os partidos de direita vão reagir a isso, porque, pela primeira vez, as ruas os rejeitaram. O efeito colateral da Lava Jato viralizou não apenas contra Lula, mas contra Aécio, Alckmin, Renan, Cunha etc.

Plotei a rede de compartilhamentos no Twitter, a partir de 236.612 retweets, coletados a partir dos termos e período já mencionados. Ao total, 100.298 perfis retuitando e sendo retuitados. Há um isolamento das redes mais governistas, que sustentam que há um golpe contra a Democracia em curso. Mas o outro pólo conservador foi engolido por uma população feita de celebridades, youtubers, nativos do Twitter e perfis que não são muito de discutir ou satirizar a política.

Há muito humor, é verdade, nesssa rede. O perfis mais periféricos deitaram e rolaram hoje, viralizando memes de situações grotescas.

Mas,pela primeira vez entendo que a rede não se polarizou com a dos governistas, mas a deixou isolada, conversando entre si. A rede amarela foi formada por muitos seguidores que compartilharam veículos de comunicação Revista Época, Globo NEws, Estadão, os organizadores dos atos (VemPRaRuaBR, o MBL, o Revoltados ONline), como ainda políticos e perfis mais conservadores, mas circundando-os há uma multidão de perfis independentes (em maior número). Esses protestos embaralharam mais as ideologias políticas. Seu efeito é colocar um problema enorme para a política: “quse se vayan todos”. Mas será??? Será que agora não vai rolar o acordão, por cima, para tentar destruir o monstro das ruas?

Não passarão em branco os gritos de “ladrão de merenda” (endereçados a Alckmin), fora vagabundo (endereçados a Aécio) e fora ladrão (endereçados a Lula), como ainda o forte grito de impeachment.

Não há horizonte político seguro. Tudo em aberto. A velha direita foi expulsa da festa, a esquerda, humilhada e a nova direita dá andamento e organiza as ruas, mas não controla mais tudo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Posts

1 2
janeiro 19th, 2017

Blog e Medium

Acesse o Medium para postagens mais recentes (ou clique diretamente nas matérias acima) Acesse o Blog do Tsavkko – The […]

setembro 1st, 2016

PT busca usar as ruas para salvar “legado” de Dilma

O PT jogou bem. Livraram Cunha e ainda contam com apoio da esquerda, até de racha do PSTU. Vão cozinhar […]

agosto 31st, 2016

Impeachment: 61×20 contra Dilma, mas PT faz manobra que pode acabar ajudando Cunha

61×20. Lavada. Como era esperado. Corruptos venceram e corruptos perderam. Os petistas farão de Dilma uma mártir e usarão a […]

julho 21st, 2016

A minha geração protestava nos copos do Starbucks

Talvez possamos ligar diretamente a chegada do PT ao poder e o fato do partido ter praticamente impossibilitado grandes lutas […]

julho 14th, 2016

Brasil, país onde partido que diz ter sofrido golpe vota nos partidos que defenderam golpe

Resumo da situação: -O PT puxou voto pra Marcelo Castro, do ~golpista~ PMDB pra derrotar o Cunha (do mesmo PMDB). […]

junho 26th, 2016

Ciudadanos-Ciutadans: A “nova” direita espanhola

Fundado em 2006 na Catalunha sob o nome de “Ciutadans de Catalunya”, uma plataforma cívica que logo deu origem ao […]

junho 24th, 2016

Alguns rápidos comentários sobre o #Brexit

O voto dos mais velhos e dos mais pobres/menos educados pesou fortemente na Inglaterra, assim como o voto identitário: Quanto […]

junho 23rd, 2016

Quando o PSOL largará o osso e fará oposição real ao PT?

Comenta um amigo: Assisti ao programa do PSOL ontem. Gostei muito. Mostrou bem o descalabro em que deixaram o país […]

abril 18th, 2016

Dilma perdeu na câmara para seus aliados e por suas próprias políticas

O PT se aliou e deu força aos conservadores e de quebra quando a esquerda tomou as ruas em 2013 […]

abril 17th, 2016

Posicionamento diante da possibilidade de impeachment de Dilma

Antes de mais nada, eu sou CONTRA o impeachment, mas admito que parte de mim sentirá prazer ao ver o […]