List

Antes de mais nada, eu sou CONTRA o impeachment, mas admito que parte de mim sentirá prazer ao ver o PT afundar. Merecem.


Se MST e demais movimentos tivessem colocado as milhares de pessoas nas ruas que dizem que vão colocar hoje, bloqueando estradas, incendiando pneus (vandalismo?) para lutar por reforma agrária ou por um governo efetivamente de esquerda, imaginem só onde estaríamos!

Quantos que hoje gritam #NãoVaiTerGolpe não gritavam VAI PM em 2013? Quantos não faziam coro de “vandalismo” por vidraças quebradas de bancos, mas acham lindo e revolucionário estourar bonecos de plástico?

Com essa gente, honestamente, eu não me junto, não quero nem respirar perto, que o diga sair de braços dados. Num dia lado a lado, no outro correndo de balas de borracha e sendo enquadrados na lei antiterrorismo diante de quem aponta e ri.

O que mais me irrita nisso tudo é a hipocrisia e a desmemória. Gritam contra a Globo como se o governo não tivesse passado TODOS os anos no poder enchendo a Globo de grana (mais de 6 bilhões de reais). O PT nunca ousou levantar o dedo contra a mídia ou contra os interesses de poderoso algum. Como disse o Gustavo Gindre
“O grande responsável por esse massacre mediático é a omissão e mesmo a cumplicidade dos 13 anos de governos petistas em relação aos grandes grupos de mídia.” 
Na verdade o PT se dedicou a criar também uma mídia própria, tão suja e mentirosa quanto a que diz se opor.

O PT ESCOLHEU esse caminho.

Escolheu seu caminho e escolheu a altura do precipício do qual se jogou. Escolheu os aliados, escolheu Temer. E escolheu as empreiteiras ao invés dos movimentos sociais.

Não importa quem vença, se o PT ou a oposição (oposição esta que era, em sua ampla maioria, aliada do PT até ontem), nós perderemos. Já perdemos, aliás. Os acordos feitos para manter ou derrubar o governo irão dilapidar ainda mais o Estado. Iremos provavelmente passar por reformas profundas que irão prejudicar milhões de brasileiros.
O PT não pode ser julgado por bandidos… Mas se aliar, ser apoiado e governar com bandidos pode? É uma lógica que eu não entendo… Mas nunca nos esqueçamos da máxima “Lulou, tá novo“.
Não duvidem se logo na semana posterior ao impeachment (sim, ainda faltaria o Senado caso o processo fosse aprovado hoje, mas por lá a queda da Dilma seria certa) vierem reformas da previdência (mais agressiva que a que o PT já vem impondo), mais criminalização de movimentos sociais (o que o PT também vem fazendo), corte de direitos (novamente, o PT faz)…

Eu não consigo compreender como alguém consegue ir às ruas e gritar por qualquer um dos lados. Não é pela democracia, é pelo PT que protestam. Não é contra a corrupção, é contra o PT que votam impeachment.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.