Tsavkko Garcia, Raphael
Publication year: 2020

O Brasil está lutando contra uma crise de desinformação. Para resolvê-la, o país deveria investir em educação e responsabilizar os financiadores das redes de fake news. Em vez disso, o Congresso Nacional brasileiro está considerando uma legislação que violaria a privacidade e a liberdade de expressão dos 137 milhões de internautas do país.

Vários membros e apoiadores do governo de extrema-direita do presidente Jair Bolsonaro estão sendo investigados por divulgarem notícias falsas durante as eleições. Esses indivíduos alegadamente mantiveram uma rede robusta para disseminar desinformação sobre rivais políticos e jornalistas. Algumas dessas desinformações levaram apoiadores do presidente a atacar fisicamente jornalistas e a tentar invadir o Congresso Nacional em junho.

Mas o projeto de lei das fake news (oficialmente a Lei Brasileira de Liberdade, Responsabilidade e Transparência na Internet) é, a meu ver, a pior maneira possível de combater o problema. Poderia ser uma das leis mais restritivas da Internet no mundo.

Full column at Revista Semana On’s website. Date of publication: 02/10/2020

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.