Originalmente publicado em inglês pela Al Jazeera / Originally published in English by Al Jazeera

O Brasil tornou-se um dos centros na América do Sul da crescente crise do coronavírus com mais de 2.000 infecções confirmadas e dezenas de mortes. O país de 210 milhões, no entanto, não está sequer remotamente pronto para responder a esta emergência de saúde pública sem precedentes.

O governo federal liderado pelo presidente de extrema-direita Jair Bolsonaro tem tentado minimizar a gravidade da ameaça que o país enfrenta desde que especialistas em todo o mundo soaram pela primeira vez o alarme sobre o vírus, altamente contagioso, no início de janeiro.

Até agora, o presidente afirmou que a doença seria apenas uma “fantasia” e uma “gripezinha”, acusou a mídia de alimentar a histeria ao relatar o número de mortes na Itália, encorajou — e até participou — de uma série de manifestações pró-governamentais de rua em todo o país e apoiou líderes religiosos que se recusaram a fechar igrejas e templos evangélicos em resposta à pandemia.

Artigo completo no site da  Guilda de Produtores de Conteúdo. Data de publicação: 26/03/2020 / Full article at Guilda de Produtores de Conteúdo’s website. Date of publication: 26/03/2020

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.