Raphael Tsavkko Garcia, Heitor Loureiro
Interview to the podcast O Nome Disso é Política
Publication year: 2018

Entrevista ao podcast O Nome Disso É Política, apresentado por Heitor Loureiro: “Separatismos Espanhóis”. São Paulo, Brasil, 2018. (14/06/2018).

No dia 2 de junho, Pedro Sánchez, do Partido Socialista Operário Espanhol assumiu o cargo de primeiro-ministro da Espanha, substituindo Mariando Rajoy, do Partido Popular, chefe de governo desde 2011. Dentre as várias crises que Rajoy enfrentou, nenhuma foi tão forte quanto o processo de separação da Catalunha, que atraiu a atenção do mundo pela repressão violenta das forças espanholas e a intervenção de Madri naquela comunidade autônoma.
Outro adversário de longa data do governo madrilenho é o movimento separatista basco, cujo grupo ETA (Euskadi Ta Askatasuna, ou Pátria Basca e Liberdade) é o maior símbolo. Criado nos finais dos anos 1950, este grupo que teve importante papel na luta contra a ditadura de Franco anunciou no último mês de maio o fim de suas atividades. Para entender o que isso significa e as relações existentes entre os processos separatistas de País Basco e Catalunha, conversamos com o jornalista Raphael Tsavkko Garcia, cuja tese de doutorado investiga o nacionalismo basco.
Note: Interview in Portuguese

Interview to the podcast O Nome Disso É Política, presented by Heitor Loureiro: “Spanish Separatisms”. São Paulo, Brazil, 2018. (14/06/2018).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.